Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Porto Alegre, RS

Av. Independência, 230 - Centro - 90035-070 - Porto Alegre - RS

(51) 3224-0622

igrejaconceicao@igrejaconceicao.org.br

Notícias › 29/05/2020

Igreja Católica reconhece 3 novos santos, 2 novos beatos e 7 mártires

Foucauld-Nuevos-Santos-Varios-27052020

O Beato César de Bus, o Beato Charles de Foucauld e a Beata Maria Domenica Mantovani. Foto: Domínio público

O Papa Francisco assinou os decretos que permitirão a canonização de 3 beatos, a beatificação de 2 veneráveis ??e o reconhecimento de 7 mártires. Entre os novos santos encontra-se o sacerdote e missionário francês Beato Charles de Foucauld, nascido em 15 de setembro de 1858 em Estrasburgo, França, e assassinado na Argélia em 1º de dezembro de 1916.

Além de reconhecer o milagre que permitirá a canonização de Charles de Foucauld, o Papa também reconheceu o milagre atribuído à intercessão do Beato César de Bus, fundador da Congregação dos Padres da Doutrina Cristã (Doutrinários), nascido em 3 de fevereiro de 1544 em Cavaillon, França, e falecido em Avignon, França, em 15 de abril de 1607.

O Pontífice também reconheceu o milagre atribuído à intercessão da Beata Maria Domenica Mantovani, cofundadora e primeira Superiora Geral do Instituto das Pequenas Irmãs da Sagrada Família, nascida em 12 de novembro de 1862 em Castelletto di Brenzone, Itália, falecida em 2 de fevereiro de 1934.

Por outro lado, o Papa assinou os decretos que permitirão a beatificação de dois veneráveis. Por um lado, reconheceu o milagre atribuído à intercessão do Venerável Servo de Deus Michele McGivney, sacerdote diocesano, fundador da Ordem dos Cavaleiros de Colombo. Nascido em 12 de agosto de 1852 em Waterbury, Estados Unidos, e falecido em Thomaston, Estados Unidos, em 14 de agosto de 1890.

Do mesmo modo, reconheceu o milagre atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Pauline-Marie Jaricot, fundadora das Obras para a Propagação da Fé e do Rosário Vivo, nascida em 22 de julho de 1799 em Lyon, na França, e falecida em 9 de janeiro de 1862.

Em outro decreto assinado pelo Santo Padre, reconhece o martírio dos Servos de Deus Simeone Cardon e 5 companheiros, professos religiosos da Congregação Cisterciense de Casamari, Itália, foram assassinados naquela cidade por ódio à fé entre 13 e 16 de maio de 1799.

Ele também reconheceu o martírio do Servo de Deus Cosme Spessotto, sacerdote da Ordem dos Frades Menores, nascido em 28 de janeiro de 1923 em Mansué, Itália, e assassinado em San Juan Nonulaco, El Salvador, por ódio à fé em 14 de junho. 1980.

Finalmente, o Papa Francisco reconheceu as virtudes heroicas do Servo de Deus Melchiorre Maria de Marion Brésillac, Bispo de Prusa, Vigário Apostólico de Coimbaore, fundador da Sociedade de Missões Africanas, nascido em 2 de dezembro de 1813 em Castelnaudary, França, e falecido em Freetown, Serra Leoa, em 25 de junho de 1859.

Via ACI Digital

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

NewsletterFique por dentro das novidades

X